Com Google Maps é Possível Explorar outras Luas e Planetas

Explore novas luas e planetas, que sugerem sinais de vida, com o Google Maps

Se você está ansioso para explorar novos planetas e luas no espaço – você está com sorte. Embora não possamos chegar até eles com uma nave espacial e um piloto, os engenheiros que trabalham no Google trouxeram novidades que nos coloca mais perto do que está no espaço. Graças a um novo recurso no Google Maps, agora é possível explorar planetas como Vênus, Mercúrio e Plutão, além de várias luas geladas em nosso sistema solar.

O novo recurso permite navegar entre vários corpos celestes, girando e ampliando entre os planetas e as luas. Alegadamente, o projeto foi inspirado pela nave Cassini que forneceu centenas de milhares de imagens. As imagens revelam visões inteiramente novas de Júpiter, Saturno e suas luas.

Para quem não sabe a nave espacial Cassini foi lançada do Cabo Canaveral há vinte anos atrás, em um jornada para descobrir os segredos de Saturno e suas muitas luas. Durante sua missão, Cassini gravou e enviou quase meio milhão de fotos de volta à Terra, permitindo aos cientistas reconstruir esses mundos distantes em detalhes de uma forma sem precedentes. Agora você pode visitar esses lugares – juntamente com muitos outros planetas e luas – no Google Maps diretamente do seu computador.

Porque ainda não existe um recurso de busca, navegar pode ser um pouco complicado. Por outro lado, a falta de uma opção de pesquisa permite que você percorra o sistema solar por conta própria – o que pode ser uma experiência excitante. O artista astronômico Björn Jónsson trabalhou com o Google para dar vida às imagens.

Além de explorar Júpiter e Saturno, agora você pode conferir Ceres, Io, Europa, Ganymede and Mimas (luas congeladas que são mais propensas a hospedar a vida extraterrestre). A versão mais antiga do Google Maps permitia que os usuários vissem a Terra, a Lua, Marte, Mercúrio e a Estação Espacial Internacional; estes permanecem visíveis.

No Google Maps você pode pairar sob as nuvens grossas de Titã para ver lagos de metano. Observar a enorme cratera de Mimas e muito mais.

Embora existam alguns erros que ainda precisam ser resolvidos, em geral, o novo recurso pode saciar a ambição dos aventureiros de explorar nosso sistema solar. O novo Google Maps também pode servir como uma valiosa ferramenta educacional à medida que a humanidade avança e desenvolve tecnologia para visitar estes planetas e luas pela primeira vez.





Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *